quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Lindo texto de Rubem Alves

A Chuva


Quando chovia, depois de muito sol quente, meu pai gostava de ficar na janela da casa velha, lá em Minas,  vendo as plantas do quintal, cada uma delas fazendo os gestos que sabia. Os tomateiros, hortelãs e manjericão, exalando seus perfumes. As folhas de couve e espinafre, brincando de juntar gotas d'água, grandes e brilhantes. As árvores e arbustos executando seus passos de dança, balançando as folhas, sob os pingos que caíam. . . Ele olhava, sorria, baforava o seu cachimbo e dizia: "  Vejam só como estão agradecidas." 


Rubem Alves

3 comentários:

  1. A personificação absoluta da natureza.
    Lindo texto.
    beijo da Nina

    ResponderExcluir
  2. Olá querida Yves!
    Lindo texto!
    Um alegre carnaval!
    Bjssssssssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga, achei seu blog lindo, já estou seguindo e sempre que puder passarei por aqui, trabalho com artesanato em eva, venha conhecer meu cantinho ficarei muito feliz.

    valartesdigitais.blogspot.com

    Bjs da Val

    ResponderExcluir





O trabalho apresentado no blog NÃO é de minha autoria.
Todos os moldes, pap's e etc foram tirados da net, de sites que os disponibilizavam sem quaisquer ônus.
Caso alguém se sinta lesado pela não citação da autoria, basta fazer contato que damos os créditos ou tiramos do ar.