terça-feira, 25 de agosto de 2015

Botando a cabeça pra funcionar n°18


Olhem que bela imagem nossa amiga
Chica nos trouxe hoje!


Me lembrou essa lindo poema...

Caminhos
-----------------

Nem sempre se apresentam ladeados
de flores
Os caminhos
que escolhemos percorrer.
Mas quando estão
(luz, sombras,  risos, flores)
que me sua dada a Sabedoria de
os saber apreciar.

Lília Mata


Boa noite!
Beijos!

10 comentários:

  1. Lindo poema que tão bem coube com a imagem! Adorei!Obrigadão! Levei teu link! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Yves
    Muito bom ter passado por aqui e lido tal poema tão suave e restaurador...
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  3. Oi Yves,
    Que lindo poema vc escolheu! A imagem é encantadora.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Tãosimples e tão belo, Yves! Um amarrado perfeito! Abração!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Yves! Todo caminho tem seus espinhos e obstáculos, mas tem sua beleza bem no meio disso tudo... Aprendamos com todos os lados! :)

    Beijos no coração

    Tê e Maria

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Yves! Todo caminho tem seus espinhos e obstáculos, mas tem sua beleza bem no meio disso tudo... Aprendamos com todos os lados! :)

    Beijos no coração

    Tê e Maria

    ResponderExcluir
  7. Mais uma bela postagem amiga, amei o poema e a imagem!
    Parabéns!

    Um grande bjo no seu ♥

    ResponderExcluir
  8. Yves, gostei da sua participação... Poema leve e despertante...

    Um abração nesta tarde...

    ResponderExcluir
  9. Bela partilha nesta leitura da imagem, os caminhos se apresentam de varias formas e nem sempre belos e floridos, cabe a nós a sabedoria.
    Gostei Yves.
    Um abração com carinho e bom fim de semana.

    ResponderExcluir





O trabalho apresentado no blog NÃO é de minha autoria.
Todos os moldes, pap's e etc foram tirados da net, de sites que os disponibilizavam sem quaisquer ônus.
Caso alguém se sinta lesado pela não citação da autoria, basta fazer contato que damos os créditos ou tiramos do ar.